Equipe

O MAAT – Núcleo de Estudo de História Antiga da UFRN foi criado em 2010, com o intuito de desenvolver projetos de ensino, pesquisa e extensão na área de História Antiga. O Núcleo é coordenado pela Professora Dra. Marcia Vasques e envolve alunos da graduação e da pós-graduação em História.

Conheça a nossa equipe (clique nos nomes para mais informações).

marcia

Dra. Marcia Severina Vasques (coordenadora)

Professora Associado I da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Departamento de História, CCHLA – Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes. Formação acadêmica pela Universidade de São Paulo: graduação em História (1993), mestrado (2000) e doutorado (2006) em Arqueologia. Área de atuação: Arqueologia Clássica, Egiptologia e História Antiga, com destaque para o estudo da cultura material e da religião funerária do Egito Romano. Linhas de pesquisa: espaço funerário e imaginário da morte no Mundo Antigo; Imperialismo, poder e identidades: o Império Romano e suas províncias; espaços sagrados na Antiguidade: paisagens, mitos e rituais.

lyviaDra. Lyvia Vasconcelos Baptista

Professora adjunta do Departamento de História da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Possui graduação (2005) e mestrado (2008) em História, pela Universidade Federal de Goiás e doutorado (2013), pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, tendo realizado estágio de doutorado sanduíche na Universidade de Oxford – Corpus Christi College (2012). Tem experiência na área de História, com ênfase em História Antiga e Medieval, atuando principalmente nos seguintes temas: História Romana, Império Bizantino, Antiguidade Tardia e historiografia.

arthur

Ms. Arthur Rodrigues Fabrício

Mestre em História (2014 – 2016) e graduado em História (modalidade Licenciatura, 2009-2013) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. É integrante do MAAT – Núcleo de Estudo de História Antiga da UFRN, coordenado pela professora Dra. Marcia Severina Vasques. Desde 2010, sob orientação desta, desenvolve pesquisas na área de História Antiga, com ênfase no estudo do Egito antigo. Atualmente desenvolve trabalho sobre o templo de Ramessés III, em Medinet Habu. Áreas de interesse: Novo Império, arte e arquitetura egípcia antiga, Ramessés III, templos egípcios e memória cultural no mundo antigo.

liliane.gifMs. Liliane Tereza Pessoa Cunha

Mestre em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2014 – 2016). Graduada em História (modalidade licenciatura) pela mesma universidade (2009 – 2013). É participante do MAAT: Núcleo de Estudo de História Antiga, coordenado pela professora doutora Marcia Severina Vasques e atua desenvolvendo pesquisas na área de História Antiga, com ênfase em literatura antiga, religião romana, ritual, espaço sagrado, culto isíaco e relações culturais entre romanos, gregos e egípcios.

ruanMs. Ruan Kléberson Pereira da Silva

Mestre em História pelo Programa de Pós-Graduação em História (PPGH/UFRN). Desenvolveu o trabalho intitulado “Guerra, Soberania, Ordem e Equilíbrio Cósmico: Representações Sociais em Relevos Neoassírios (884 – 727 a.C.)”, sob orientação da professora Marcia Vasques. Graduado em História/Licenciatura Plena pela UFRN. Membro do “MAAT – Núcleo de Estudos de História Antiga”, desenvolvido na UFRN sob a coordenação da professora Marcia Vasques. Área de atuação: Arqueologia e História Antiga, com destaque para o estudo da cultura material e visual da Assíria.

alaídeAlaide Matias Ribeiro

Cursa graduação em História pela UFRN (2015). Desenvolve iniciação científica sob orientação da Dra. Marcia Severina Vasques, com o projeto intitulado “Egito e Roma: a Geografia de Estrabão e os conceitos historiográficos em debate”. Integra, desde 2015, o Téspis – Grupo de Diálogos e Práticas de Teatro Grego. Áreas de interesse: teatro grego clássico (v a.C), “literatura”, etnicidade no Egito Antigo, Império Romano e Egito Romano.

2018021.jpgDanillo Melo

Cursa graduação em História (2017). Estuda o culto ao Serápis e as questões de legitimação do poder faraônico durante a dinastia ptolomaica. Áreas de interesse: Grécia Antiga, Período Helenístico, Língua Grega Clássica e Koiné e Egito Ptolomaico.

elian

Elian Jerônimo de Castro Júnior

Graduado em História pela UFRN, no ano de 2016. Pela mesma Universidade, cursa mestrado em História e Espaços (2017), sob orientação da professora Dra. Marcia Severina Vasques. Está desenvolvendo a pesquisa sobre Espaço Funerário no Egito Romano, a partir de análises dos relevos da tumba de Kom El Shoqafa, situada em Alexandria e construída entre os séculos I e II d.C. Possui interesse em estudos de cultura material funerária e estudos de imagem na Antiguidade.

felipe.jpgFelipe Aiala de Mello

Graduado em Relações Internacionais (Bacharelado) pela PUC-Minas (2008-2013). Desde 2016, cursa graduação (Licenciatura) em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Atualmente desenvolve pesquisa de Iniciação Científica sobre Egito Antigo, mais especificamente em Egiptomania: a construção da imagem ethótica e do imaginário sociodiscursivo de Cleópatra, a partir dos textos de Plutarco e Dion Cássio.

IMG_20170612_165633.jpgMateus Ribeiro de Oliveira

Cursa graduação em História pela UFRN (2014). Integrante do MAAT – Núcleo de Estudos em História Antiga, estuda atualmente as relações culturais entre os povos mesopotâmicos e hebraicos.

 

matheus.jpg

Matheus Breno Pinto da Câmara

Graduado em História pela UFRN. Cursa mestrado em História e Espaços (2017) também pela UFRN. Sob orientação da Dra. Marcia Vasques, desenvolve uma pesquisa sobre o além-vida na narrativa do Livro VI, da Eneida, entendendo a relação do espaço imaginário criado por Virgílio e as práticas funerárias romanas.

pedro.jpgPedro Hugo Canto Núñez

Cursa graduação em História pela UFRN (2016) e desenvolve iniciação científica com o projeto intitulado “A tumba-capela de Nebamun e a concepção egípcia do Além”.

 

talita.gifTalita Alves da Cruz

Cursa graduação em História (2016) pela UFRN. Integrante do Maat – Núcleo de Estudo de História Antiga e do Téspis – Grupo de Diálogos e Práticas de Teatro Grego. Atualmente estuda os conceitos de hegemonia e de soberania no governo de Ramessés II, aplicados ao templo de Abu Simbel. Áreas de interesse: Grécia Antiga e Egito Antigo.

Anúncios