Espaço-Tempo: Enredos entre Geografia e História

Espaço-tempo capa

É com grande alegria que apresentamos o livro “Espaço-Tempo: Enredos entre Geografia e História“, organizado pelos professores Alessandro Dozena e Eugênia Maria Dantas, do Departamento de Geografia da UFRN, que conta com cinco artigos sobre História Antiga, escritos durante o Curso de Mestrado em História pela UFRN!

Sobre o livro:
Este livro é uma organização decorrente da produção de alunos vinculados aos programas de Pós-Graduação de História e de Geografia, do Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que frequentaram a disciplina Geografia Cultural, Espacialidade da Religião e Cultura Popular. Nele, o leitor pode encontrar a perspectiva geo-histórica discutida em escalas espaços-temporais variadas, o que possibilita navegar por panoramas temáticos plurais. O livro se constitui em uma vereda a ser explorada pelos interessados em contextos reflexivos nos quais o espaço emerge como condição para a organização da sociedade. Esses contextos podem ser lidos e interpretados a partir da memória, da identidade, do sagrado, do profano, da arte e da guerra.

Relação de artigos sobre História Antiga:

A construção do espaço arquitetônico em palácios neoassírios (884-727 a.C.): Guerra e ordem na sala do trono
Ruan Kleberson Pereira da Silva

Análise de espaços sagrados e a construção de espaços isíacos na obra O Asno de Ouro, de Apuleio
Liliane Tereza Pessoa Cunha

Experiência, lugar e memória na XX dinastia do Antigo Egito (1190-1077 a.C.): Ramessés III e o templo de Medinet Habu
Arthur Rodrigues Fabrício

Um mapa do post-mortem: o “Livro dos Mortos” como um guia de orientação entre dois mundos
Keidy Narelly Costa Matias

Entre homens e deuses: a fundação de Roma e a representação do equilíbrio terreno e divino
Ana Paula Santana Filgueira

O livro pode ser baixado gratuitamente clicando aqui!

Anúncios

Máscaras Funerárias do Egito Romano: crenças funerárias, etnicidade e identidade cultural – livro de Marcia Vasques

Resultado da tese de doutorado defendida no Museu de Arqueologia e Etnologia da Usp em 2006, este livro traz discussões atualizadas a respeito do debate sobre Romanização e Imperialismo aplicados ao estudo do Egito enquanto província romana.

560fe1a6d99154596c1972a97b7e7fd7d39def46Tendo como fonte documental as máscaras funerárias produzidas no Egito entre os séculos I e III d.C. a obra tenta elucidar o impacto da presença romana em regiões como o Fayum, o Médio Egito, o Alto Egito e os oásis de Kharga e Bahariya. Embora os costumes funerários analisados sejam egípcios, a observação dos essencialmente elementos iconográficos das máscaras funerárias permite verificar a adaptação do meio egípcio frente à presença romana, a qual variava conforme o status das cidades ou a sua proximidade com grandes centros como Alexandria. Em formato reduzido de livro, busca-se levar ao leitor um pouco do Egito Romano e do debate historiográfico a respeito desta intrincada província imperial.

Clique aqui para comprar!